sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Saiba com o dizer,que você não está satisfeita na CAMA!

Não é uma tarefa fácil,mas viver frustrada não dá né?O problema que as mulheres não conseguem falar, que a coisa não está boa,a química já não é a mesma coisa...Então vamos lá:
Analise você mesma
A primeira coisa que você deve fazer é analisar as suas expectativas em torno da sua vida sexual e satisfação. Talvez você esteja esperando muito mais do que o normal e esteja se deixando levar pelo que as suas amigas contam ou o que você vê nos filmes, que na maioria das vezes não são reais. Se você busca um tamanho de 40 centímetros e cinco orgasmos na hora da transa, certamente você está no caminho incorreto.



Reveja sua vida sexual
Talvez, para você, o sexo seja muito mais importante do que o amor que ele sente por você ou vice-versa. Por isso, reveja a importância do tema sexual na sua vida e analise se você compartilha essa opinião com seu parceiro. Pode ser que para ele, o fato de vocês estarem nus na cama, se tocarem e se reconhecerem faça parte de um bom sexo, enquanto para você, isso só é verdade se atingir o orgasmo, especialmente com a penetração. É importante que você saiba como ambos encaram o sexo.



Busque um assunto para a conversa
Se você quer induzi-lo a falar sobre temas sexuais é preciso que você pense em uma forma de tocar no assunto. Tente fazer comentários sobre algum filme, por exemplo, e a partir de então você pode trazer o tema para a realidade. Para começar um diálogo, você também pode usar histórias de terceiros como, frases do tipo "outro dia uma amiga comentou comigo que faz meses que ela não tem um orgasmo".



Leia um livro com ele
Existem muitos livros sobre sexo no mercado e eles podem te ajudar a melhorar sua vida sexual. Compre um deles, leve-o para casa e diga que você ganhou de alguém e que gostaria que lessem juntos. Comente os conselhos que te interessem e motive-o a praticá-los.



Invente novos jogos
Pode ser que o tema da insatisfação se deva à rotina e basta só um pouco de ação e fogo para você reacender a paixão e fazer com que as coisas funcionem. Por isso, tome a iniciativa e surpreenda-o com novos jogos ou posições. Ele fará a parte dele para não ficar atrás na criatividade.



Inverta os papéis
Outra boa solução é falar mais abertamente com ele, como vocês costumavam fazer no início da relação. Diga que você tem pensado na vida sexual que levam e que você gostaria de saber a opinião dele e sobre o que ele acha que falta na relação. Inverter os papéis pode tornar mais fácil a tarefa de dizer a ele do que você sente falta.



Diga a ele do que você gosta
Você já se perguntou se alguma vez já disse a ele o que realmente te dá prazer na cama? São muitas as mulheres que se queixam, mas são bem poucas as que dizem explicitamente para seus parceiros o que querem. Tenha confiança em você mesma e pense que se você já não está gostando da situação ela não irá piorar. Diga de uma vez por todas onde você gosta de ser tocada e esqueça a vergonha.



Demonstre quando gostar de algo
Mais ou de igual importância que dizer a ele do que você gosta é que fazer com que ele perceba ao demonstrar na hora que você adorou aquela atitude. Não adianta dar conselhos para seu parceiro poder te satisfazer se quando ele procura colocá-los em prática você não demonstra fortes emoções. A verdade é que agindo assim ele não terá vontade de voltar a fazê-lo.



Fale com ele
Se você já provou estas técnicas e ainda assim não acha que ele esteja fazendo nada para mudar ou então, tenha tentado, mas sem grandes resultados, talvez tenha chegado o momento em que você precisa ser direta com ele. Encontre uma boa oportunidade e diga com todo cuidado e tranqüilidade do mundo. Não torne a conversa como algo muito sério ou dramático, mas sim, como algo simples e que pode melhorar facilmente. Se você dramatizar o tema e colocar em xeque a capacidade sexual dele, ele dificilmente se atreverá a tocá-la novamente.



Busque ajuda profissional
Por último, pode ser que ele não seja o problema e sim você que esteja passando por alguma disfunção sexual, ou quem sabe até mesmo os dois. Neste caso, quando as coisas não melhorarem de forma alguma, é hora de procurar ajuda profissional. O assunto pode ser muito mais simples do que parece. Converse com seu parceiro e por último diga que você sente que está com um problema. Se vocês forem ao médico e ele estiver com dificuldades vocês logo saberão, mas não adianta jogar a culpa no outro para querer procurar ajuda.


6 comentários:

Reticências disse...

Eu digo amiga e quem não gostar de ouvir, bom... vai ficar sozinho.
Não problemas com isso, não gosto é de ficar insatisfeita por mais que a outra pessoa n queira ouvir.

A.S. disse...

Aldrey,

O prazer é uma busca permanente, sem fronteiras, sem limites!!!

Beijos,
AL

♥ κєκєl ♥ disse...

hehhe..eu digo, mas depois de uma certa convivência. Se na primeira vez o cara é uma meleka....já descarto...quem não sabe pelo menos respeitar meu desejo já de cara e só pensa no seu...dispenso...prefiro sexo solitário kkkkkk
Ainda bem que meu gato sabe bem como gosto e eu como ele gosta hehehe

Passando tb para te avisar que tem um selinho lindo para vc no endereço abaixo:

http://quemmoradentrodemim.blogspot.com/2011/01/selinho-do-blog-desequilibrio.html

Beijooooooooooooooooos

Nana... disse...

Prazer é algo que é necessario dar pra receber então....abra a boca e diga,mostre,ensine o que te faz muleeeeeeeeeeeeeer !!!

Beijos ") @Nanazudah
http://meninacajuina.blogspot.com/
http://gordinhasdointerior.blogspot.com/
http://opesodopreconceito.blogspot.com/
http://deliciasdaclarisse.blogspot.com/
http://descobertasdela.blogspot.com/
http://minhamusicalidade.blogspot.com/

Reticências disse...

Acabei de postar!!!!

rsrsr

pega lá Aldrey!!

Anônimo disse...

Aldrey sou homem e passo uma barra em meu casamento pois minha esposa e muito careta no assunto sexo ! Achei seu post perfeito ! Parabens gosto de oral por exemplo mais ela nao gosta de fazer mais gosta de receber ! Bjo p vc do wolverine !

Postar um comentário